Principais Erros em Marketing que as Empresas Cometem

4 minutos para ler

Vamos falar sobre erros em Marketing? Que o Marketing é importante e um dos grandes responsáveis pelo sucesso de empresa, todos nós já sabemos. Mas e quanto a essa ser mais uma daquelas famosas “facas de dois gumes” onde ao invés de ajudar, por conta dos erros em marketing, acaba prejudicando a empresa?

Pois é, por essa eu acho que você não esperava…

A grande questão é que o Marketing é sim necessário, mas, ao mesmo tempo, é preciso que suas ferramentas, procedimentos e estratégias sejam bem executados, para que o “tiro não saia pela culatra”.

Por isso, nós separamos alguns dos principais erros em Marketing cometido pelas empresas, e esperamos que você use isso a seu favor e aprenda com o erro dos outros.

Os principais Erros em Marketing

  • Não conhecer o cliente.

Embora isso seja algo bastante elementar no Marketing, ainda há quem insiste em desenvolver um produto e elaborar uma estratégia de Marketing sem estudar o público-alvo.

Se você acha que buscar informações básicas como faixa etária, região em que moram, hábitos e dores, e criar a sua persona (personificação das características do seu público-alvo) é “gastar dinheiro” e “perder tempo”, sinto lhe dizer que a sua empresa pode não ver a luz do dia, ou até mesmo, pode não aguentar por muito mais tempo…

  • Não procurar saber a opinião de quem consome o seu serviço ou produto.

As pesquisas de opinião são tão importantes que só não seriam necessárias se tivéssemos uma bola de cristal ou a capacidade de ler mentes.

Enquanto isso não acontece, buscar por esse tipo de informação, além de trazer dados concretos, ainda mostra ao seu cliente o quanto a sua empresa se importa com ele.

Além disso, há uma frase do economista Deming, responsável por implantar a ideia de qualidade total no Japão pós-guerra, que pontua muito bem essa importância: “In God we trust, all others must bring data” (“Nós só acreditamos em Deus, todos os outros devem apresentar dados”).

  • Tentar imitar as ações de grandes corporações

Segundo Eric Santos, especialista em Marketing Digital: “o principal erro que vejo as pequenas empresas cometerem é justamente ir atrás e tentar replicar as estratégias das grandes corporações. Alguns exemplos disso são querer lançar um vídeo viral, distribuir nas mídias mensagens de “bom dia” e outros conteúdos sem foco em seu público”.

A empresa precisa não só ter a própria identidade e uma estratégia pautada nisso, em seus objetivos e metas e no público-alvo, mas também buscar ações compatíveis com a estrutura e capital que dispõe.

Não adianta nada um fabricante de bebida local copiar algumas ações de marketing da Coca-Cola, porque ele só vai gastar tempo e dinheiro em algo que muito provavelmente não trará retorno. Pelo contrário! Ele deveria buscar sua própria estratégia, baseada no próprio perfil, capacidade e público-alvo.

  • Não ter planejamento e estratégia

Esse talvez seja um dos piores erros!

Aqui cabe uma frase de Alice no País das Maravilhas, isso mesmo, aquele livro meio psicodélico e fantasioso, em que o Gato de Cheshire diz para Alice: “se você não sabe para onde quer ir, qualquer caminho serve”.

Parece bobagem, mas se você prestar atenção vai perceber que é a mais pura verdade.

Sem um planejamento você não vai determinar seus objetivos, metas e estratégias para atingir tudo isso. E sem isso, para onde vai a sua empresa? Ficar à deriva? Pense nisso!

  • Ignorar a concorrência

Estar seguro de si é importantíssimo, mas não a ponto de fazê-lo ignorar os concorrentes.

Se é isso que tem acontecido ou se você já está deixando de acompanhar o passo de cada um deles, saiba que esse tipo de atitude é similar a dar um tiro no próprio pé.

Acompanhar o mercado e a concorrência é algo tão saudável quanto pesquisar seus consumidores, além de ser imprescindível para te auxiliar no aprimoramento de processos e produtos/serviços, além de ser uma maneira de incentivar ideias e inovações.

Esses são pontos essenciais que precisam ser equacionados na empresa, no entanto diversos outros fatores impactam na performance do marketing e em como essa área pode ajudar a empresa de forma mais estratégica, assim, a recomendação é que sua empresa continue a evoluir na forma como entende e usa o marketing, e claro, sempre alinhado à vendas.

 

Você também pode gostar

Deixe um comentário