Descubra como criar um pitch para investidores infalível

pitch para investidores
6 minutos para ler

Pitch é uma fermenta infalível para investidores. Ela é utilizada para realizar apresentações de algum tipo de negócio ou alguma ideia relacionada sobre negócios. Em conformidade, essa via pode ser destinada para qualquer tipo de público, podendo durar de 1 minuto até 1 hora, uma vez que varia de acordo com a abordagem que será realizada.

O objetivo primordial do pitch para investidores é realizar a captação de recursos para uma instituição empresarial.

Para isso, há até eventos de apresentação e competições entre as corporações, com o tempo determinado para que todos os investidores apresentem seus trabalhos, ouvindo opiniões e conhecendo ideias inovadoras de vários especialistas.

É possível notar que o pitch é uma excelente ferramenta não é mesmo? E pensando justamente nisso, preparamos este post para que você saiba como criar um bom pitch. Continue a leitura e confira!

Quais os segredos de um pitch para investidores?

Inúmeros são os pontos que devem ser realizados para criar um bom pitch para investidores. Por isso, vamos exemplificar alguns pontos.

Para um pitch curto, de até 1 minuto:

  1. Defina uma frase curta que possa representar seu negócio ou projeto: qual a sua essência?
  2. Oportunidade: quais as oportunidades de mercado reconhecidas pelo investidor?
  3. Produto: qual a solução desenvolvida para o tipo de problema?
  4. Tração: quantidade de downloads, quantidade de colaboradores e clientes ativos, receitas recorrentes, entre outros.
  5. Time: quem está participando e promovendo o projeto, caso tenha alguma experiência importante a ser compartilhada?
  6. Gatilho: faça o convite para os participantes conversarem com os investidores após as apresentações.

Para um pitch de maior tempo de duração:

  1. Defina em uma frase o seu negócio (High Concept Pitch);
  2. Quais as oportunidades que o investidor identificou?
  3. Como serão resolvidos os problemas caracterizados como oportunidade de trabalho?
  4. Porte do mercado (capital disponível).
  5. Tipo de negócio: como a solução utilizada será entregue ao cliente?
  6. Existem outras instituições entregando soluções similares às suas? Quais são as táticas e os seus diferenciais frente a eles?
  7. A sua empresa cresceu? Quanto? O que você deverá continuar fazendo para que esse progresso permaneça?
  8. Quem são os gestores e os participantes desse projeto?
  9. Faça o convite para que os participantes conversem com os investidores após as apresentações.

Por fim, algumas perguntas que deverão ser feitas para ambas durações:

  1. Qual o problema que a empresa pode resolver?
  2. Como ela resolve?
  3. Como funciona esse mercado?

Como estruturar o pitch para investidores?

Organizamos abaixo os principais elementos sobre como estruturar seu pitch, explicando um por um para que você não tenha dúvidas na hora de executá-los.

Vale ressaltar que esses elementos não precisam ser realizados em ordem, pois o que mais importa é fazer tudo de forma embasada, vendedora e eficaz.

Qual a necessidade de mercado?

Uma das primeiras perguntas a serem respondidas pelo seu pitch é qual a necessidade e qual o motivo de ter criado o seu tipo de negócio. Uri Levine, criador do Waze, afirma: “Apaixone-se pelo problema, não pela solução”.

É justamente esse ponto que você deve evidenciar, haja vista que existem inúmeros problemas no dia a dia dos seus clientes e é o seu produto e o seu serviço que vai ajudá-los de maneira eficaz.

Qual a oportunidade?

Além da existência dos problemas, deve haver uma instituição com um mercado potencial notório, bem estruturado e mapeado.

Nada adiantará se a sua solução resolver os problemas apenas de um pequeno grupo de indivíduos, pois, fazendo isso, o seu mercado terá um baixo potencial de rentabilidade e atingirá poucas metas.

Qual é a sua solução?

Esse é um fator imprescindível, pois não é interessante não falar sobre a sua solução ou produto e serviço oferecido aos seus clientes. É preciso fazer demonstrações, amostras ou protótipos.

Porém, é importante pontuar que não se deve perder muito tempo nessa parte, uma vez que esse elemento deve servir mais para chamar a atenção e encantar os expectadores.

O que você faz de diferente?

A solução que você apresenta para os seus clientes são fatores diferenciados dos que já estão no mercado? Se sim, ótimo! Isso mostrará que a sua instituição está pontos à frente dos concorrentes, tendo maior participação e destaque no mercado.

Para isso, antecipe-se e tenha em mente as respostas caso o cliente pergunte sobre as suas soluções, pois no final costumam ser questionadas.

Qual é a oferta?

Finalizando, é importante que o investidor deixe claro o que ele está objetivando para a sua corporação e, principalmente, o que ele está querendo receber com isso.

Logo, é importante que a troca de capital esteja bem estabelecida e explicada. Fazendo isso de forma correta e engajada, a empresa e o cliente sairão ganhando.

Quais os gatilhos mentais que podem ser aplicados no pitch?

Inúmeros são os gatilhos mentais que poderão ser utilizados na aplicação do pitch. Preparamos os principais a serem aderidos no seu processo.

Autoridade

Esse gatilho é um dos mais usados, ainda que alguns investidores não saibam aplicar. As pessoas têm uma tendência de obedecer quem se posiciona com autoridade nos negócios.

A exemplo, quem escreve livros e direciona palestras já é considerado uma autoridade. Ou seja, quanto mais você se posiciona com firmeza sobre os assuntos ministrados, mais atenção e respeito você terá dos expectadores.

Escassez

Tudo que é considerado exclusivo ou escasso é raro. E tudo que é difícil de encontrar é tratado com um maior valor. Por isso, utilizar a exclusividade vai fazer com que os clientes queiram muito os seus produtos ou serviços.

Exemplificando isso, há diversos computadores que batem de frente com um MAC, mas o fato de ele ser exclusivo da Apple desenvolve nos consumidores um desejo tê-lo.

Logo, você poderá utilizar esse gatilho nas suas vendas ou nas realizações de palestras e obterá, então, bons resultados.

Especificidade

Esse gatilho é imprescindível, pois quanto mais específico e direto você for em seus negócios, mais você conseguirá persuadir os seus consumidores.

Ainda que seja muito importante, essa ferramenta é, por vezes, desprezada pelos investidores. Colocando isso em prática, você se diferenciará no mercado, atraindo os clientes e tornando os seus conteúdos ainda mais relevantes.

Portanto, aderindo todas as ideias que foram mencionadas acima, você poderá criar um pitch perfeito para os seus negócios. Então, siga os passos apresentados e a sua empresa se sairá muito bem nos negócios!

Gostou do nosso post sobre pitch para investidores? Então, assine a nossa newsletter e receba nossos artigos no seu e-mail!

Você também pode gostar

Deixe um comentário