LinkedIn para empresas: 4 dicas para começar bem nessa rede

linkedin para empresas: homem olhando tablet em empresa de tecnologia!
6 minutos para ler

O LinkedIn foi criado em dezembro de 2002 e o seu lançamento oficial foi dia 5 de maio de 2003. No ano de 2007, o número de usuários superou os 15 milhões e, em 2015, a rede social atingiu cerca de 347 milhões de usuários em mais ou menos 200 países.

O LinkedIn para empresas é considerada a maior rede social profissional, uma vez que as pessoas e as instituições empresariais utilizam essa plataforma para fazer network para os negócios. Porém, essa ferramenta ainda é mal utilizada pelos empreendedores.

Pensando nisso, preparamos este post para apresentar as principais dicas de como aproveitar ao máximo o potencial dessa rede social. Continue a leitura e confira!

Quais as principais dicas para uma empresa começar a usar o LinkedIn?

Existem diversas dicas para aproveitar o máximo dessa plataforma no âmbito empresarial, uma vez que ela proporciona recursos excelentes para a corporação.

1. Tenha uma company page

As company pages são muito importantes, uma vez que elas permitem que as instituições empresariais construam uma audiência, que é imprescindível para alavancar inicialmente uma mensagem: seja curtindo, comentando e/ou compartilhando novas postagens no blog, por exemplo.

A princípio, recomendamos criar e otimizar a sua company page, fazendo com que ela fique sempre atualizada. Uma vantagem disso é que a concorrência pela atenção do usuário no LinkedIn é menor.

Isso ocorre porque são poucas empresas que estão presentes, além disso, você não precisará competir com posts de amigos ou de familiares.

Dessa forma, é necessário que haja frequentemente publicações novas no blog, novos ebooks e conteúdos bem formulados. Ademais, é importante que tenha indicações de outros veículos que podem ser úteis para os seus clientes. Dependendo do porte da sua corporação, publicar algo uma vez ao dia já é o suficiente.

2. Publique conteúdo no LinkedIn

Por meio do LinkedIn, também é possível fazer publicações em uma plataforma específica e própria, podendo ser semelhante a um blog, que disponibiliza fazer comentários, compartilhamentos em diversas outras redes e visualizações públicas.

Tanto do ponto de vista profissional quando da instituição empresarial, fazer publicações nas redes sociais é uma maneira muito interessante, haja vista que pesquisas feitas pelo LinkedIn comprovam que mais de 75% dos seus usuários interagem e leem as postagens da plataforma por pelo menos uma vez por semana.

Logo, isso para as corporações é muito bom, pois é uma maneira de construir uma maior reputação e promover uma maior audiência.

Todavia, apesar de todas essas vantagens ditas acima, fazer publicações no LinkedIn pode acabar trazendo alguns dilemas, uma vez que as publicações ficam limitadas à plataforma, pois você não tem a permissão de controlar outros elementos, como os links da página e os designs.

Para solucionar essas questões, você pode: publicar apenas um resumo ou uma introdução no LinkedIn e, depois, colocar o link nesse post, levando o público ao blog de fato; publicar conteúdos no blog da corporação e esperar certo período de tempo para que possa fazer essa publicação na rede social; e fazer um texto parecido com o do blog, porém, apresentando outra abordagem.

3. Participe de grupos

Participar de alguns grupos é uma excelente forma de utilizar o LinkedIn a favor da sua instituição empresarial.

Por exemplo, você pode procurar colaboradores especialistas na área que deseja e que se enquadram nos cargos específicos que você busca para ocupar, seguindo os perfis que almeja e sem precisar consultar opiniões dos grupos dos quais os profissionais participam.

Assim, seguindo o interesse deles, você poderá mapear e estabelecer grupos importantes para o seu empreendimento.

As discussões mais engajadas e populares dos grupos têm uma maior relevância sobre as demais, haja vista que têm mais visibilidade e acesso, ficando, assim, na parte inicial da página.

Diante disso, contribuir com esses tópicos mais visíveis e que estão em destaque é uma das principais maneiras de ficar mais evidente. É imprescindível que você seja bem ativo nas plataformas digitais, acompanhando as postagens, curtindo, comentando, compartilhando e fazendo perguntas.

Além de tudo o que foi dito, compartilhar links para os conteúdos do blog de maneira contextualizada e criativa é uma excelente via. Além de promover um maior tráfego do público, ele poderá fazer compartilhamentos em outras redes sociais, como Twitter e Facebook, aumentando as visualizações dos seus posts.

Resumindo de maneira direta, o ponto-chave para desenvolver um maior progresso é produzindo conteúdos de qualidade para as publicações.

Quanto mais conteúdo eficiente postado, mais seu público ficará engajado no processo e terá apoio deles, consolidando-se como autor dos temas escritos. Com efeito, essa via aumentará as oportunidades de evolução para a sua instituição, além de ser barato e simples.

4. Anuncie

Nas redes sociais, como o Facebook, a seleção de anúncios e perfis é feita por preferências, como a idade. Já no LinkedIn, os critérios de segmentação são baseados no perfil profissional do usuário. Dessa forma, é possível atingir os tomadores de decisão do mercado que deseja.

Por fim, quanto mais anúncios forem feitos, mais alcance a sua empresa terá, aumentando consideravelmente as chances de progredir no mercado. Talvez, essa seja uma das dicas que mais fazem diferença, pois quanto mais visível a corporação é, mais ela consegue se expandir.

O LinkedIn é uma plataforma muito interessante para quem deseja conseguir resultados bons no mercado empresarial, uma vez que essa ferramenta oferece métricas relevantes que ajudam a entender o crescimento de um negócio na rede social.

Compreende-se, também, que estar presente só no LinkedIn não basta. É preciso utilizar todas as dicas ditas acima, estabelecendo uma presença notória, além de utilizar recursos para sempre tentar manter a plataforma alinhada às estratégias e às metas da corporação.

Portanto, estas foram as 4 principais dicas para se dar bem utilizando o LinkedIn para empresas. Por meio delas, percebe-se como manter essa plataforma atualizada e interativa é importante, não é mesmo? Não é uma tarefa fácil, mas, tendo um bom engajamento e comprometimento, essa ferramenta promoverá ótimos resultados.

Gostou do nosso post? Então, veja este artigo e descubra 8 motivos para você investir em vendas e marketing em 2019.

Você também pode gostar

Deixe um comentário