Cultura organizacional de uma empresa: saiba como criar

8 minutos para ler

A cultura organizacional de uma empresa é um processo que necessita de muitos esforços até que esteja devidamente consolidada. Isso porque não é fácil influenciar do dia para a noite a formação de comportamentos e mentalidades dos colaboradores. 

Para obter sucesso nessa empreitada, é preciso adotar uma série de ações que contribuirá para estabelecer os princípios éticos, valores, política interna, regras e hierarquias existentes em uma companhia, independentemente de seu porte e configuração. 

Se sua empresa ainda não conta com uma cultura organizacional estabelecida, continue lendo este post e veja como mudar o jogo. Afinal, o futuro é hoje!

O que é a cultura organizacional de uma empresa  

O significado de cultura é amplo e inclui aspectos como conhecimentos, crenças, artes, regras, leis, costumes e outros hábitos característicos de uma sociedade. 

Transportando para as empresas, a cultura é a forma como ela pensa, enxerga seu papel, conduz suas atividades e decide algo, bem como seus valores e suas posturas perante seus públicos diretos, indiretos e a sociedade em geral. Ou seja, é similar à índole de uma pessoa e como ela define as próprias ações.

Há empresas que valorizam mais o funcionário, outras a tecnologia; há, ainda, as que incentivam a inovação, autocrítica e o desenvolvimento sustentável. Assim como existem organizações que privilegiam hierarquias tradicionais e apenas miram o lucro.

Tudo o que envolve a rotina de uma empresa está ligado à cultura organizacional: metas preestabelecidas, cláusulas dos contratos, valorização do ser humano, bonificações, maneiras de contratar, enfim, são inúmeros os hábitos diários defendidos e divulgados. 

Dessa maneira, as práticas tanto no ambiente interno quanto externo são extremamente importantes, pois consolidam políticas desde a contratação de um funcionário até o fechamento de uma venda. Na prática, a cultura organizacional impacta diretamente a forma como a companhia é vista pela sociedade. 

Podemos citar, também, a preservação documental da história da empresa como uma fonte viva de pesquisa. Isso porque a memória empresarial aumenta as possibilidades de diálogo com o passado, a consciência de pertencer a um grupo, além do direito à informação e ao conhecimento. 

Existem, ainda, empresas que valorizam a criatividade dos colaboradores, investem na busca por soluções rápidas e estabelecem a motivação por meio de um ambiente que valoriza o bem-estar.  Ao contrário de centenas de pessoas atuando em um mesmo espaço, as corporações formam pequenos times com metas específicas. 

É o caso do Google. Na companhia, os funcionários, conhecidos como googlers, atuam em um ambiente informal e divertido. Inúmeros prêmios, festas e benefícios retratam a cultura interna, que valoriza o bem-estar dos colaboradores. 

O trabalho em equipe e a comunicação transparente são também marcas do Facebook. Assim como a valorização da diversidade, o gerenciamento de conflitos, condutas flexíveis, entre muitos outros aspectos.  As relações entre líderes e demais trabalhadores é bem horizontal, com ênfase no ser humano.

Descubra a importância da cultura organizacional  

O primeiro passo é definir claramente a cultura organizacional de sua empresa. Depois, todos os conceitos deverão ser transmitidos claramente aos demais colaboradores, com foco na transparência e honestidade. 

Com isso, os processos internos estarão totalmente interligados com a política defendida, como na utilização ou não de uniformes, premiações por mérito, entre outros pontos. 

A ideia primordial é sempre integrar os funcionários e definir os modelos e premissas que nortearão a empresa. Com isso, uma política organizacional adequada trará muitas vantagens competitivas, como veremos agora: 

Reuniões mais objetivas 

Como a criação da cultura organizacional de uma empresa passa pela transparência e clareza na comunicação, os processos internos e externos contribuirão com a otimização do tempo e aumento da produtividade. 

Afinal, os colaboradores já estarão cientes de determinadas práticas que contam com o aval da diretoria e outras que são coibidas, ou seja, em uma reunião, por exemplo, haverá mais objetividade na apresentação de um problema e sua devida solução. 

Ao promoverem corretamente a cultura organizacional, as lideranças também evitarão perdas de tempo com a demonstração de projetos que não estejam sintonizados com o orçamento anual ou mesmo com as prioridades de investimentos. 

Dessa forma, poderá haver redução nos custos operacionais, com tomadas de decisões mais certeiras e objetivas. 

Clientes mais satisfeitos        

Como dissemos acima, a satisfação é uma espécie de bola de neve nas corporações que adotam uma cultura organizacional bem estruturada. 

Trata-se de um reflexo que impacta a excelência dos serviços e maior qualidade dos produtos comercializados, pois a tendência é haver uma atenção redobrada de todos os colaboradores para que erros sejam evitados no dia a dia. 

Atuando com mais motivação, os colaboradores se sentirão parte da empresa e vestirão a camisa do time, ou seja, se empenharão corretamente para que possíveis falhas, como atraso nas entregas, sejam evitadas, a fim de aumentar o grau de satisfação não só dos clientes como também dos fornecedores. 

Adote ações que ratifiquem a cultura organizacional

No entanto, após desenvolver uma cultura organizacional, você terá pela frente outro desafio: o cultivo de ações. Como uma semente, vários cuidados deverão ser adotados de olho em uma boa colheita. Veja alguns deles: 

Conheça seus colaboradores    

Imagine um gestor que chega ao trabalho de cabeça baixa, com um olhar carrancudo, concentrando-se somente em números. Com essa postura, será que os funcionários vão defender com afinco os ideais da empresa? 

Agora analise outro exemplo: um líder que cumprimenta a todos, percorre os diferentes setores e ainda se prontifica a conhecer a realidade de vida dos colaboradores. Qual dos dois terá mais confiança da equipe?  

Além disso, ao conhecer os funcionários e suas respectivas qualidades, o gestor conseguirá aproveitar com mais potencialidade um talento em ascensão, ou seja, conseguirá um resultado bem melhor em comparação ao exemplo do chefe que só olha para o próprio umbigo. 

Contrate corretamente 

Um dos motivos de muitas pessoas não se alinharem à cultura organizacional de uma empresa é explicado por falhas no recrutamento. O fundador do Facebook, por exemplo, adota uma postura diferente na hora de escolher seus lideres: inverte os papéis. 

Assim, a pessoa recrutada tem que agir como se fosse o chefe. Caso não se saia bem, segundo Mark Zuckerberg, não está preparada para a função. 

Podemos citar ainda que uma contratação deficiente gera aumento dos gastos, pois um novo processo terá de ser aberto, causando ainda alta rotatividade de funcionários, fato nada benéfico para nenhuma empresa, pois atrasa os meios operacionais. 

Portanto, para cultivar sua cultura organizacional, faça contratações alinhadas com os ideais da empresa. 

Foque na comunicação 

A comunicação é essencial para evitar muitos problemas, como más contratações, investimentos sem retornos financeiros, queda na produtividade e constantes reclamações por parte dos colaboradores. 

Assim, invista em meios de comunicação que atinjam seus funcionários, como comunicados pelo WhatsApp, jornais impressos, blog, redes sociais internas, sinalizações internas e vídeos. Por meio de canais como esses, divulgue corretamente os objetivos da corporação e o que é esperado dos trabalhadores. 

Uma comunicação transparente também traz mais confiança e credibilidade, aumentando as parcerias e boas iniciativas em prol do bem-estar. 

Promova eventos entre os funcionários 

Como ninguém é de ferro, nada melhor do que a promoção de vários eventos ao longo do ano para conscientizar e motivar os colaboradores. A realização de cursos e treinamentos também deve ser prioridade.

Elabore semanas de prevenção contra acidentes de trabalho, comemorações em datas festivas, inclusive com a presença dos familiares, celebre conquistas de metas alcançadas e apoie funcionários que estejam buscando aperfeiçoamento profissional

São ações que têm retorno garantido, pois haverá mais estímulo nas funções, o que afeta diretamente a produtividade da empresa. 

Diante das nossas dicas, a cultura organizacional de uma empresa estará sintonizada aos bons exemplos de companhias que já estão na vanguarda do mercado. 

E aí, gostou do nosso post? Quer sempre ler artigos interessantes? Então, curta agora mesmo nossa página no Facebook! 

Você também pode gostar
-