Como desenvolver o intraempreendedorismo na empresa?

6 minutos para ler

Você é um empreendedor e gerencia um time com potencial, mas sente que eles ainda não falam a sua língua? Isso tem prejudicado suas expectativas com seu negócio? Prepare-se então para conhecer o intraempreendedorismo.

Esse termo conceitua-se pelo método de tornar colaboradores como membros empreendedores, já dentro de uma organização ao qual eles fazem parte. Basicamente, é o ato de incentivá-los e prover recursos para que eles venham a investir na sua empresa.

Isso é importante porque torna o ambiente de trabalho mais dinâmico, inovador e, sobretudo, mais produtivo. Ter pessoas que assumem o compromisso do seu negócio com disposição e criatividade tornará sua empresa bem mais forte e competitiva diante das grandes marcas.

Se isso é tudo o que você deseja para seu empreendimento, confira, neste artigo, algumas dicas práticas de como transformar funcionários em parceiros de negócio que pensam e agem como você. Boa leitura!

Eu realmente preciso do intraempreendedorismo? 

Se você é do tipo de empreendedor que prefere ficar na beira da praia, evitando riscos com potencial de sucesso, em vez de desfrutar todo o oceano de oportunidades disponíveis no mercado, realmente, o intraempreendedorismo não faz parte do perfil da sua empresa.

Esse método é inovador e, para muitas organizações, uma afronta, pois ele sugere que você permita com que o seu colaborador empreenda dentro da sua empresa. Por exemplo, imagine que um dos seus funcionários teve uma ideia de expansão de mercado, sugerindo um novo produto, mas para botar o projeto em prática serão necessários recursos financeiros, tempo e treinamento para o time de vendas. 

A ideia tem tudo para dar certo e ele já se disponibilizou em assumir os riscos junto com o gestor, mas essa aplicação vai exigir comprometimento e disposição para sair da zona de conforto. O que você faria? Abortaria a sugestão logo de cara, dando uma desculpa esfarrapada apenas para ele esquecer do assunto, ou analisaria com cuidado e interesse o insight do seu colaborador intraempreendedor? 

Respondida essa questão, passemos ao tópico seguinte.

Quais as vantagens para o meu negócio?

Na hora de aderir ao intraempreendedorismo, conhecer as vantagens ajudam bastante a esclarecer sobre o assunto e, até mesmo, extinguir o preconceito que muitas empresas acabam tendo sobre esse método de gestão. Veja abaixo alguns benefícios dessa adesão:

Ambiente de trabalho inspirador

Sentir-se parte fundamental, uma das características do intraempreendedorismo, fará com que seus parceiros se comprometam mais, com maior índice de satisfação e com mais lealdade.

Isso influenciará diretamente na maneira como eles enxergam as atividades profissionais. Pessoas desmotivadas afundam empresas. Saiba identificar, de maneira analítica, o que tem minado as motivações do seu time e encontre espaço para inspirá-los. 

Profissionais que anseiam pelo crescimento

Profissionais intraempreendedores são caracterizados pelo desejo de ver a empresa onde trabalham crescer e estar consolidada no mercado. Essa, que é uma tarefa essencial para o dono do negócio, passa a ser um compromisso geral do time. 

A partir disso, surgem as ideias, as adaptações, as melhorias, os novos desafios, as novas posturas que vão moldar seu negócio ano após ano, fazendo-o alcançar, não só o ápice de mercado, mas a estabilidade interna da organização. 

Alinhamento com o ideal do gestor

Um dos grandes desafios dos gestores é conseguir alinhar o propósito da empresa com o coração dos colaboradores. Isso no intraempreendedorismo é um fator-chave. 

Esse alinhamento faz com que o empreendedor, que antes precisava monitorar (e vigiar) cada passo dos funcionários, fique tranquilo e focado no que realmente é preciso para o desenvolvimento da empresa. Tudo isso, com a consciência de um ter um grupo comprometido e confiável.

Gostaria de ter essas vantagens inseridas na rotina da sua empresa? Continue a leitura para saber como estimular o intraempreendedorismo no seu negócio. 

O que fazer para ter intraempreendedores?

O intraempreendedor possui características semelhantes às do proprietário do negócio. Ele é ousado e busca oportunidades onde tudo parece ir mal. Ele consegue transformar ideias em soluções para o mercado e, sobretudo, acredita fielmente nos propósitos da empresa na qual trabalha. 

Todos esses aspectos são estimuláveis e se, atualmente, você não conta com um time assim, veja, abaixo, dicas de como transformar a mentalidade dos seus colaboradores.

Analise o perfil certo

Nem todos os profissionais que trabalham na sua empresa serão intraempreendedores, por isso, identifique entre eles, aqueles que já dão sinais de um comprometimento diferente com o negócio. Inicialmente poderão ser poucos, mas essa transformação impacta o ambiente e pode ter certeza que emplacará os demais integrantes do time. 

Defina metas

Escolhidos os alvos, comece a determinar objetivos pelos quais eles terão de trabalhar. Ter uma meta é desafiador, instigante e motivador. Vale ressaltar, que para ter um bom índice de engajamento, será preciso oferecer alvos rápidos de serem alcançados. Comece com metas mais superficiais e evolua com o desenvolver de cada colaborador, assim eles sempre estarão se superando em benefício da empresa.

Oriente sua equipe

Preste bem atenção nessa dica, ela é essencial! Apenas dizer “faça” não significa que os resultados obtidos serão como o esperado. Como já citado no artigo, o intraempreendedorismo torna a mentalidade do time alinhada à do gestor. 

Por isso, na hora de determinar o alvo, instrua o caminho. Treinamentos e cursos são ótimas ferramentas para dar o norte ao time na fase de adesão. Esse tipo de investimento também revela uma empresa que confia, acredita e investe no corpo colaborativo.

Entenda seus limites

Para fazer dar certo é preciso conhecer também os limites da empresa. Ter ciência de até onde se pode ir vai evitar que ocorram frustrações com seu time. Uma boa ideia é expor a eles quais as condições de inovação que a empresa possui e desafiá-los a trabalhar com esse teto.

Transforme a cultura

O passo inicial para o intraempreendedorismo é uma mudança de cultura. Esse método não vai dar certo se a empresa se mantiver em uma zona conservadora e rígida. Inovações e criatividades surgem em ambientes de liberdade e de espaço para falar.

Faça também com que os diretores e gerentes do negócio estejam disponíveis para ouvir os colaboradores com posições inferiores. Eles não podem limitar o potencial da equipe.

Com todas essas dicas ficará bem mais fácil explorar o intraempreendedorismo que habita no seu time. Lembre-se sempre que, empresas que querem crescer precisam inovar e se adaptar. 

Além disso, poder contar com pessoas que sonham com os projetos da organização vai tornar tudo muito mais alcançável. Eles vão pensar e agir como você, gestor! Isso dará liberdade para cuidar de outras necessidades da empresa, sem se preocupar com o que fazem os colaboradores.

Se quiser estimular esse aspecto entre os seus parceiros, entre em contato com a Working Better, podemos ajudar com a capacitação do seu time.

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-