Como acompanhar métricas e indicadores e fazer análise de dados?

métricas e indicadores
7 minutos para ler

Você sabe aonde quer chegar com seu negócio? Já conseguiu dimensionar um lugar na escala do sucesso em que espera fincar sua empresa? Neste artigo, falaremos sobre a influência de um acompanhamento de métricas e indicadores para todas essas realizações. 

Antes, é preciso destacar que, para que uma supervisão seja de fato bem-sucedida, é necessário saber o que é que se espera alcançar. Dentro de um planejamento deve-se sempre destacar os alcances a curto, médio e longo prazo. 

Esses alcances são chamados de indicadores. Eles são responsáveis por revelar exatamente o caminho seguido pela empresa e ainda preveem o destino a ser alcançado, permanecendo nesse ritmo. 

Se você está ansiando por novos patamares, convido você a aprender como analisar métricas e indicadores a fim de elevar a análise de desenvolvimento do seu negócio. Confira!

O que são métricas e indicadores? 

Indicador é um termo autoexplicativo: indica algo ou alguém. Ou seja, dentro de uma empresa, existem diversos tipos de indicadores, como: produtividade, engajamento de funcionários, metas alcançadas, novos clientes durante um período, turnover, etc. 

Já métrica são os dados que compõem um indicador. Por exemplo, no percentual de produtividade, quais e quantos foram as ações que contribuíram para garantir que tal apontamento fosse realizado? Isso é uma métrica. 

Se você tem uma loja online, o número de vendas num mês é um indicador de desempenho, revelando uma meta batida ou frustrada. Já o ticket médio, abandono de carrinho ou CAC (Custo de Aquisição de Cliente) são as métricas que apontam tal indicação.

Por que eles são importantes?

Métricas e indicadores são importantes para te dar controle do seu negócio. É impossível alcançar um novo patamar no mercado sem analisar dados, agir para transformá-los e supervisioná-los. É como um ciclo: você age, colhe dados, analisa. Aí tudo começa de novo com base no resultado obtido. 

Entenda que a sua empresa jamais será frustrada se você tiver o controle total dos indicadores e das métricas que a tornam de fato importante. Cabe ao gestor saber dominá-los e transformá-los em favor do negócio.

Todo sucesso é construído. Nesse processo, indicadores e métricas são os “tijolos” que estruturam essa posição. 

Quais são os principais indicadores e como analisá-los?

Antes de apresentar os principais indicadores das empresas, vale ressaltar que, para cada objetivo, pode haver indicadores diferentes. O que define os indicadores de sucesso da sua empresa são:

Por isso, procure identificar cada um desses pontos dentro da sua organização antes de estabelecer, de maneira aleatória e sem fundamentos, os indicadores que deverá analisar, certo? 

Mas, já que o assunto é sobre os principais indicadores de desempenho em um negócio, confira, a seguir, os mais analisados:

Produtividade

Este é um indicador importantíssimo. A produtividade é a taxa de entrega por determinado período de tempo. Quanto maior a produtividade, maior a possibilidade de lucros sobre investimento.

Por exemplo: um vendedor expandiu sua taxa de fechamento de negócios em X% durante seis meses. 

Qualidade

Equiparado ao indicador de produtividade, a qualidade da produção é uma taxa importantíssima que definirá o percentual de economia sobre redução de perdas, satisfação do cliente entre outros. 

Esses são pontos indispensáveis em um negócio. Um exemplo claro de um indicador de qualidade é o número mínimo de bugs em um software ou talvez a quantidade mínima de garrafas quebradas em uma fábrica de refrigerantes. 

Capacidade

Esse indicador é bem semelhante à produtividade. A diferença deles está no ponto de análise. Enquanto a produtividade é resultado de uma visão ampla sobre determinada produção, a capacidade indica uma condição pontual na cadeia produtiva.

Por exemplo: quantas garrafas uma máquina é capaz de encher em uma fábrica de refrigerantes em X minutos? Ou também: quantos pães um forno é capaz de assar?

Turnover

Bem conhecido nos departamentos de recursos humanos, o turnover é um indicador de rotatividade de pessoal em uma empresa. Ele aponta a necessidade de ações que consolidem o quadro de funcionários dentro de uma organização, evitando custos de prospecção, treinamento e adaptação.

O turnover pode ser medido com o seguinte exemplo: 

Durante 12 meses em uma distribuidora de equipamentos de informática com 50 funcionários, 10 colaboradores optaram por dispensar o cargo. Assim, divide-se o número total de desligamentos pelo quantitativo de funcionários no início do ano, multiplicando, em seguida, por 100. O resultado final será o percentual de turnover.

Como fazer um acompanhamento eficiente?

Agora, para garantir que você terminará este artigo realmente preparado para acompanhar os indicadores e as métricas da sua empresa, traremos algumas dicas de como fazer este acompanhamento ser realmente eficiente. Veja!

Faça relatórios

Ao final do dia, reúna todas as informações do expediente que precisa para compor o levantamento de indicadores. Ex: se quer saber a taxa de negociações efetivadas, anote diariamente o número de vendas realizadas. No final, é só somar.

Tenha metas e prazos

Indicadores sem metas são apenas números. Entenda isso! Você precisa estabelecer objetivos que espera alcançar com seu trabalho e prazos para eles. Não se esqueça de dividi-los em curto, médio e longo prazo.

Desenvolva a cultura da supervisão

Seu time precisa envolver-se com isso! Reúna sua equipe periodicamente para discutir os resultados obtidos. Desenvolva a cultura da supervisão e ajude-os a corrigir trajetos malsucedidos. 

Por fim, como analisar os dados obtidos?

Agora que você já chegou aqui, destacaremos alguns pontos importantes para uma análise de dados de métricas e indicadores. Confira!

Saiba exatamente o que está fazendo

Não tome nas mãos tabelas e número se não tiver ideia do que fazer com tais informações. Antes de tudo, estude bem o planejamento do seu negócio, descubra quais caminhos a empresa pretende seguir e, a partir daí, busque enxergar nos dados os degraus que levarão a marca ao êxito. 

Tenha uma estratégia

Levando em consideração que nem sempre os resultados podem ser positivos, tenha condições de estabelecer ações que transformem tais pontuações. Uma boa estratégia é tudo o que você precisa para impactar seus indicadores.

Reúna um time capacitado

Quando você conta com pessoas realmente boas, você fica tranquilo e seguro com qualquer ideia ou ação a ser tomada. Desenvolva possibilidades de integração do seu pessoal na análise dos dados e saiba escutar e lapidar suas ideias. Isso estimulará uma gestão colaborativa, participativa e bem mais engajada com os colaboradores.

Todo esse esforço em acompanhar métricas e indicadores e fazer análise de dados, garantirá algo que é essencial para um gestor que deseja o sucesso do seu negócio: o controle.

Então, se este foi um bom conteúdo para você, compartilhe-o com seus colegas nas suas redes sociais. Mostre a eles também como alcançar um novo patamar com análise de dados!

Você também pode gostar

2 thoughts on “Como acompanhar métricas e indicadores e fazer análise de dados?

Deixe uma resposta

-