Afinal, o que é consultoria e quais as vantagens para o meu negócio?

6 minutos para ler

Existem vários motivos que podem levar uma empresa à contratação de consultoria, como, mudanças na gestão, aquisições, crescimento acelerado ou, até mesmo, a transformação repentina no mercado. Esses são apenas alguns exemplos dentre as várias razões para buscar o apoio do serviço.

No entanto, antes de entender se o seu negócio necessita de uma contratação como essa, é essencial que você compreenda o que é consultoria, quais são os benefícios que ela pode trazer para a sua organização e quais resultados esperar da iniciativa.

A importância do apoio especializado é inegável para aprimorar a gestão do negócio. Nesse sentido, preparamos este guia sobre o trabalho de uma consultoria que esclarecerá as suas principais dúvidas. Confira!

O que é consultoria?

Você deve estar se perguntando o que é consultoria, afinal. Ela constitui um tipo de serviço que tem como base o olhar externo do consultor. A sua proposta é fornecer o aconselhamento profissional sobre um tema específico — tanto empresas quanto profissionais autônomos podem oferecer esse trabalho. Da mesma maneira, a contratação atende companhias e também pessoas físicas.

Diferentes áreas do negócio podem ser beneficiadas ao receber uma visão externa independente, com objetivo de identificar problemas gerenciais e pessoais na organização. Entender a raiz desses problemas, buscar potenciais soluções e, naturalmente, auxiliar a empresa na implementação de correções são também características do serviço.

Apesar de atuar na realidade do cliente, a consultoria sempre se vale de um objetivo a ser alcançado, ou seja, é um trabalho que diz respeito à construção de algum elemento futuro e que, na maioria dos casos, não existe antes da chegada do consultor. É por esse motivo, inclusive, que o resultado do trabalho só é percebido com o passar do tempo.

Quais são os benefícios de uma consultoria?

Como o consultor vai trazer para a empresa uma visão externa, o principal benefício que o serviço oferece é, justamente, a amplitude desse olhar diverso e desprendido dos processos diários da organização. O serviço é baseado em uma grande diversidade de experiências, contextos e atividades, as quais podem aprimorar o negócio.

Por não ter um vínculo direto com a companhia e não fazer parte da estrutura da organização, a consultoria traz propostas de solução e pareceres neutros e imparciais para os gestores. Afinal, ela não está trabalhando para conquistar promoções ou ganhar visibilidade. O compromisso da consultoria é apenas a resolução dos problemas.

O desprendimento auxilia também na tomada de decisões difíceis, as quais, se estiverem a cargo de funcionários podem sofrer influência da relação emocional que costumam construir. Essa característica, atrelada à experiência e à capacidade de concentração dos consultores, torna o serviço muito mais focado em um escopo definido com clareza e objetividade.

Entre outras vantagens da consultoria, podemos destacar também mais controle sobre as finanças e a estratégia da empresa, além do aumento da produtividade do time. A melhoria na tomada de decisões pelos gestores, a maior qualificação do empreendedor e a preservação da sua saúde física e emocional também merecem destaque entre os pontos positivos.

No fim das contas, o resultado esperado — além da descoberta da raiz dos problemas e da proposta de soluções viáveis — é uma execução ágil e objetiva, capaz de amplificar a capacidade intelectual da instituição, tornando-a muito mais apta para as mudanças, para a evolução e, consequentemente, para o sucesso.

Como funciona o serviço de consultoria?

Para compreender o funcionamento de uma consultoria, é fundamental saber que o processo vai depender da área de atuação que precisa ser explorada. Em outras palavras, tudo depende do problema a ser investigado.

É possível contar com o serviço para melhorar o controle das finanças, o monitoramento do mercado ou, até mesmo, auxiliar na gestão de pessoas e na estratégia de crescimento do negócio. O que vai determinar o foco da contratação é a situação atual da empresa e as metas desejadas com o esforço empregado.

Nesse contexto, vale lembrar que o sucesso de uma consultoria depende diretamente da correta identificação das necessidades da organização. Afinal, de nada adianta contratar uma consultoria de gestão de pessoas se o seu problema está no marketing, por exemplo.

A partir dessa identificação, o processo da consultoria se torna mais simples de visualizar. Em geral, há a contratação de uma empresa ou consultor autônomo, que vai fazer uma análise completa da situação em que o negócio se encontra. Então, um plano de ação será traçado, de modo a ser implementado pelos gestores, com auxílio dos consultores.

Ainda sobre o funcionamento da consultoria, outro ponto merece destaque: se você está com medo de perder controle sobre o seu negócio, saiba que esse não é um risco. Nenhum consultor tomará decisões sem que o empresário tenha ciência. Na verdade, ele vai apresentar as sugestões, cabendo aos responsáveis pela empresa optarem por qual caminho seguir.

Quando contratar uma consultoria?

Como falamos, o sucesso de um trabalho de consultoria depende da correta identificação das necessidades do negócio. Isso começa no motivo que o leva à contratação. Empresas familiares ou que tiveram mudanças na gestão constituem, geralmente, os principais exemplos. No entanto, a busca por uma consultoria definitivamente não fica restrita a elas.

A necessidade por uma consultoria decorre, em geral, das consequências de tomadas de decisão equivocadas. Se o negócio estiver dando prejuízo, com perda de participação de mercado e trocas constantes nos níveis executivos e de liderança, é sinal que a consultoria se faz necessária.

Além disso, se a organização tem um processo de tomada de decisão confuso e conflituoso, com as pesquisas de relacionamento, com o cliente indicando consumidores insatisfeitos com o que é oferecido, o sinal de alerta fica ainda mais claro. A hora é de buscar ajuda por meio de um consultor.

É importante perceber que o consultor tendem a levar para a empresa modelos de atuação, ou seja, métodos de gestão que significam boas práticas para o dia a dia e planejamento empresarial.

O grande objetivo então, é aprimorar suas práticas com referências vencedoras e testadas, assim além da figura do consultor a empresa deve sempre buscar sua evolução.

Entre em contato, agora mesmo, com a nossa equipe e descubra como nós podemos lhe ajudar a alcançar resultados de alta performance com modelos de gestão que deixem sua empresa mais capaz para pensar e agir.

Você também pode gostar

Deixe um comentário