10 técnicas para aumentar o engajamento dos funcionários no trabalho

6 minutos para ler

Ter uma equipe engajada é o objetivo de boa parte das empresas. Afinal, ter trabalhadores dispostos a se dedicar, se envolver e interagir de forma produtiva no ambiente de trabalho é um desafio para a gestão de pessoas. E isso só acontece quando ele se identifica com os valores e propósitos da companhia.

A melhor forma de fortalecer a cultura organizacional é estabelecer um alinhamento entre os valores do profissional e os da empresa. Isso não ocorre com a assinatura do contrato de trabalho: é preciso construir um vínculo psicológico, afetivo e emocional do profissional com a empresa para que haja engajamento no trabalho.

É esse laço que faz que ele desenvolva uma postura cooperativa, otimista e de desenvolvimento. Quando o trabalhador está engajado há mais chances de que ele seja mais produtivo e eficiente: ou seja, que passe a executar suas atividades com mais qualidade.

Como estão comprometidos, esses trabalhadores contribuem mais para os resultados da empresa. Quer saber mais sobre o engajamento no trabalho e sobre como colocá-lo em prática no seu empreendimento? Este é o post certo para você. Continue e acompanhe o conteúdo a seguir!

O que é o engajamento no trabalho

O engajamento no trabalho requer que o indivíduo tenha algumas características pessoais. Entre elas estão a proatividade, o comprometimento e a autoestima. Esses traços são fundamentais para que um laço desse tipo ocorra e passe a fazer parte da cultura organizacional.

De forma geral, então, o engajamento no trabalho tem ligação direta com a motivação do profissional. Para a empresa, ter funcionários engajados aumenta as chances de haver impactos positivos nos resultados — afinal, a equipe é fundamental no sucesso da companhia.

Para que o engajamento seja possível, o trabalho da empresa deve ser contínuo. Não bastam uma ou duas ações pontuais: é fundamental que a organização seja capaz de oferecer um ambiente benéfico, saudável e que efetivamente inspire os colaboradores.

Como estimular o engajamento no trabalho

Promover o engajamento dos colaboradores requer ações específicas da empresa. Para isso, a gestão deve buscar incentivá-los de forma que o laço entre ela e os profissionais seja fortalecido. Descubra, a seguir, algumas medidas que podem ajudá-lo nesse aspecto. Confira!

1. Ofereça um ambiente estimulante

O primeiro passo para que a companhia seja capaz de engajar os colaboradores é estabelecer um vínculo entre eles e a organização. Por isso, oferecer um ambiente estimulante é essencial. Isso envolve muitos fatores, como o incentivo dos líderes e as boas relações com os colegas. Além disso, é importante que haja oportunidades, desafios, autonomia, capacitação e aprendizagem.

2. Tenha uma liderança inspiradora

Os líderes são essenciais para o engajamento da equipe. Por isso, devem demonstrar interesse e investir tempo para compreender suas necessidades e ambições, bem como ajudá-los a perceber que sua contribuição é valiosa. São eles que devem saber como melhorar a experiência no local de trabalho, de forma a torná-la gratificante.

3. Abra espaço para crescimento

Quando o profissional está engajado, ele utiliza melhor suas habilidades. Às vezes, a companhia tem talentos dispostos a contribuir, mas sem o estímulo correto eles ficam desanimados. É crucial, então, que a organização ofereça oportunidades de crescimento. Isso significa escutá-lo e incentivar sua criatividade.

4. Garanta que haja propósito no trabalho

O colaborador deve entender que seu trabalho que tem valor para a companhia. Assim, ele vai acreditar que contribui para algo significativo. O estabelecimento de metas faz que os trabalhadores de fato compreendam que há um senso de propósito, especialmente quando eles são envolvidos em importantes decisões da organização.

5. Estabeleça uma cultura humanizada

A equipe é o maior patrimônio do empreendimento. A companhia deve compreender que os colaboradores precisam equilibrar suas vidas pessoal e profissional. Para isso, a organização deve incentivá-los a balancear o trabalho com momentos de lazer.

6. Valorize os esforços

Quando os trabalhadores se sentem valorizados e percebem que seus esforços são recompensados, eles ficam mais propensos a se dedicar ao trabalho. Por isso, a valorização é um fator essencial no engajamento. É importante que os mais esforçados sejam recompensados e recebam premiações, destaques e elogios.

7. Dê feedback

Colaboradores engajados esperam feedback: afinal, é a partir dele que eles podem se aprimorar. Nesse processo, lembre-se de que o feedback é uma ferramenta construtiva e que seu objetivo é incentivar o crescimento do profissional. Esse retorno deve estimulá-lo a não desistir e a se comprometer com o alcance das metas definidas.

8. Invista em reconhecimento

Além de reconhecer os esforços, é importante recompensá-los. Além dos benefícios e da remuneração, que devem ser compatíveis com o mercado, a motivação passa pela oferta de incentivos que representem um estímulo extra para ajudá-los a aprimorar seu desempenho.

9. Estimule os valores pessoais

O engajamento depende de características pessoais do profissional e, por isso, a empresa deve incentivar o desenvolvimento desses traços. Isso pode ser feito por meio de ações de endomarketing que ajudem a promover a missão, a visão e os valores da companhia.

10. Otimize a gestão

Existem recursos tecnológicos que permitem fazer um acompanhamento mais próximo dos profissionais. O setor de Recursos Humanos (RH) pode automatizar seus processos e investir tempo em análises personalizadas dos colaboradores de forma a avaliar os resultados com mais eficácia e, assim, oferecer feedbacks mais relevantes.

O que a empresa ganha com o engajamento

O engajamento dos profissionais se torna um círculo virtuoso com o passar do tempo. Afinal, além de beneficiar a companhia, ele faz os colaboradores se sentirem melhor no trabalho. Alguns dos resultados desse processo são:

  • maior produtividade: o laço afetivo do trabalhador com a empresa faz que ele seja mais produtivo;
  • redução do desgaste: o engajamento faz o funcionário ter um senso de pertencimento e, assim, torna sua rotina menos exaustiva;
  • aumento da motivação: profissionais engajados se sentem mais motivados no trabalho;
  • melhoria no clima organizacional: o colaborador se sente melhor quando está engajado e isso contagia os colegas.

Em resumo, o engajamento no trabalho representa a formação de um laço afetivo entre o profissional e a companhia. Com isso, ele se sente motivado e passa a dar o melhor para o crescimento da empresa. O desenvolvimento desse vínculo ocorre a partir de um esforço da empresa no sentido de estimular as competências do profissional.

Quer saber como colocar essas ações em prática na sua organização? Então, entre em contato conosco e entenda como podemos ajudá-lo nesse processo!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-